Neste budismo, não utilizamos a palavra “Deus” para definirmos algo supremo, e nem tão pouco, conferimos a ele a imagem de um homem. Neste budismo, essa Lei suprema (Lei mística) está “representada” em um pergaminho conhecido como “Gohonzon” e ativamos essa Lei quando recitamos o “Nam-myoho-rengue-kyo” a esse Gohonzon. O Gohonzon é o elo que faz com que o nosso micro-cosmo (Nosso estado de Buda), funda-se com o macro-cosmo (Estado de Buda inerente ao universo). Quando conseguimos fazer essa fusão, a nossa vida passa a sincronizar com o ritmo do universo, fazendo com que adquiramos sabedoria e boa sorte para superarmos os nossos problemas.
O “Gohonzon” é um pergaminho deixado pelo Buda Nitiren Daishonin para que todos sem exceção também pudessem atingir o mesmo estado de vida que ele atingiu “estado de Buda”. Para isso, revelou também a oração Nam-myoho-rengue-kyo que faz com que o nosso estado de Buda funda-se com o estado de Buda contida no Gohonzon. O Gohonzon representa a essência de toda a vida do universo.
Nesse Budismo é ensinado que a vitória sobre seus problemas não depende da ajuda de uma força externa (espíritos, santos ou mesmo Deus), mas sim… quando aprendemos a ativar através da oração e da fé, o estado de Buda que existe dentro de nos.
O Buda Nitiren Daishonin veio na forma de mortal comum, revelar o verdadeiro caminho para a iluminação. Desta forma, revelou o Nam-myoho-rengue-kyo e também inscreveu o Dai-Gohonzon. Deixou também várias cartas (goshos) escritas de próprio punho para seus discípulos, sendo que muitas delas são utilizadas até hoje como uma preciosa fonte de orientação e incentivos, além de retratar fatos históricos referente à época.

DIZEM QUE AS RELIGIÕES SÃO TODAS IGUAIS

Muitas religiões são idênticas apesar de possuírem nomes diferentes, outras possuem pequenas diferenças e há aquelas que realmente são diferentes.
Existem religiões que procuram pregar somente o bem; existem religiões que se confundem entre o bem e o mal; e há aquelas que realmente pregam o mal.
Muitas religiões pregam resultados após a morte ou pregam o conformismo no estilo: Deus quis assim; Isso é mistério de Deus; Você tem que se conformar, pois isso é o seu carma… etc. A grande verdade, e que algumas pessoas montam uma “igreja” com o intuito de obter uma fonte de renda para seu sustento, sendo que em suas pregações costumam dar um destaque maior (direta ou indiretamente) para as doações do que aos problemas que seus adeptos possam estar passando. E como forma de atrair mais pessoas, apelam para encenações teatrais de falsos doentes, aleijados, ou possuído por demônios, e essas pessoas se “curam milagrosamente” diante do poder de uma pessoa “superiora”.
Muitas religiões necessitam de uma pessoa “superiora ou especial” para intermediar o contato entre os adeptos e Deus. No Budismo de Nitiren Daishonin, representado pela BSGI, não existe essa discriminação, pois perante a “Lei mística” todos têm o mesmo valor, sendo que ninguém é melhor que o outro.

Anúncios

Sobre osvalderli

paciente , amigo , gentil, cavalheiro , amoroso , respeitador , !!!!!

»

  1. Eu fui budista durante doze anos comecei a me afastar durante as crises de depressao do meu falecido marido ele nao ia eu para nao deixa-lo so pois ele nao estava bm depois de muito falatorio eu acabei me afastando de vez.k a sgi é uma fabrica de ganhar dinheiro com seus impressos k sao pagos passeios de estudantes ao japao o salario de algumas pessoas.a construcao de templos ao qual nem tds tem asseso.e como ja vinha de outra religiao a qual so queriam lucrar.tbm nao vi vantagem em continuar tendo meu filho deficiente auditivo k nada entendia nas palestras e nao tinha um tradutor.as vezes queria ajudar uma pessoa nessessitada mas diziam k nao .k era pra ensinar o daimoku mas se a pessoa nao tinha nem o k comer como ia pagar um impresso? Acabei por me distanciar de vez ainda mais depois de ir a uma igreja e o pastor fazer uma revelacao na ora em k eu estava.numa dificuldade enorme depois de perde meu marido.mas confesso k sou completamente grata por td k aprendi na organizacao.era mais calma sem medo mais confiante agora tenho alguns medos.e como tds fazem entrego nas maos de deus.nao acho certo mas as vezes o medo fala mais alto.mas a cultura oriental me fascina desde de k me entendo por gente.quero voltar mas .tenho medo de por tomar esta decisao a familha do meu falecido k a maioria sao evangelicos queira me tira da casa onde moro no quintal dos falecidos sogros.é complicado pq acaba k nao sigo nem a igreja nem o budismo mas me sito bm qd acendo um insenso e medito

    • osvalderli disse:

      ola SONIA REGINA vc não foi uma praticante do budismo vc foi uma seguidora, a sgi sim emprega pessoas sim porque elas precisam de trabalho , viagem são costiadas pelos próprios estudantes sabe porque a sgi cria valores para sociedade, tudo tem que ter objetivo e isso vc não teve vc estava esperando , milagres ai è so na igreja e orando para DEUS INFELISMENTE CADA UM VEM COM UMA MISSÃO NESSE MUDO, ESPERO QUE VC TENHA ENCONTRADO A SUA , MAIS NÃO SE ESQUEÇA A LEI DE CAUSA E EFEITO E PARA TDS BUDISTA OU NÃO ABRAÇO SEJA FELIZ E E GRATIDÃO PELAS PESSOAS QUE TE APRESENTOU O BUDISMO SO QUE PRATICAR O BUDISMO È SO PARA QUEM TEM CORAGEM DE SER FELIZ E NÃO FICAR ESPERANDO ABRAÇO

    • osvalderli disse:

      ISSO SIM È PRATICAR E COMPRIENDER O BUDISMO NA VIDA AMIGA SONIA REGINA:….Valdirene Dias da Silva‎
       
      para
       
      Budismo de Nitiren Daishonin – Sutra de Lótus!
      24 de outubro de 2014 às 11:17 ·

      Olá a amigos do grupo, sou Valdirene mãe do Vinícius com 15 anos, menino esse muito especial, especial não só pelo fato de ter uma síndrome rara com o nome de Kabuki, ele é especial pela sua capacidade de superar as suas limitações, e se destacar dentro da comunidade da minha cidade Votuporanga, sendo notório o seu grande valor dentro da organização, sou suspeita a falar sobre o meu grande e admirável amor, mas vejam se não tenho razão de ter todo esse orgulho, na ultima reunião do mês passado (30 de setembro), pra todos ali presente ele disse com total convicção e determinação que na próxima reunião de palestra ele traria de volta as atividades o seu pai, já que meu marido estava afastado das reuniões há mais ou menos 4 anos, confesso que fiquei preocupada com medo que ele ficasse frustrado se caso não conseguisse convencer o pai a participar da reunião já pro mês seguinte, antecipadamente procurei conversar com ele e dizer:
      “Filho, eu sei o quão importante é pra você a presença do seu pai nas atividades, mas vá com calma, pois nem sempre nós conseguimos provocar a mudança no outro com tanta rapidez.” Afinal essa mudança teria que acontecer no máximo em 20 dias.
      Ele me surpreendeu com uma frase mais ou menos assim; ”mãe eu vou conseguir levar meu pai na próxima reunião, deixa que do meu jeito eu sei que vou conseguir, não se preocupe comigo, preocupe-se com o meu pai e me ajuda.” Logo me lembrei de uma frase do Sensei que diz, “Nada muda se permanecermos sentados, em silêncio. Por outro lado, se provocarmos ações vibrantes, faremos brotar a esperança, e se elevarmos nossa voz com coragem, nossa força interior se expandirá.”
      Diante disso me vi na obrigação de ajudá-lo nessa missão, então escrevi um teatro e reforcei o convite do Viny ao meu marido convidando-o para participar do teatro para próxima reunião, fui surpreendida com um SIM, quase não acreditei, pois meu marido é tímido jamais imaginei ele participando de um teatro, isso pra mim era quase inacreditável.
      E no ultimo dia 19 de outubro com apenas 3hs de ensaio, nós apresentamos o nosso teatro com participação do meu marido, alegrando e enriquecendo ainda mais a nossa reunião de palestra.
      Nesse momento não tenho colocação melhor para meu filho se não dentro dessa frase do nosso mestre Ikeda Sensei….”Um discípulo é aquele que coloca em prática os ensinamentos de seu mestre. Um discípulo é aquele que cumpre a sua promessa. Eu fiz tudo isso e esse é meu maior orgulho.”
      O video não está tão bom mas segue abaixo como forma de comprovação e incentivos….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s